quetamina_exametoxicologico

Quetamina Aparece No Exame Toxicológico? Entenda!

4 de setembro de 2023 0 Por LABET Exames Toxicológicos

A quetamina é usada por muitos para aliviar dores e se manter em alerta, mas é um risco para a direção, podendo levar a perda da CNH.

Dirigir por longas jornadas — como é comum no caso dos caminhoneiros — pode causar desconforto e dores musculares. Pelo mesmo motivo, muitos motoristas recorrem a remédios, como a quetamina, para se manter acordado e alerta, cumprindo os prazos de entregas estabelecidos. 

Porém, o uso de quetamina pode causar uma série de efeitos colaterais graves e perigosos. E ainda, ela é apontada no exame toxicológico, podendo deixar os motoristas profissionais desempregados pela perda da CNH, além de sofrerem outras penalizações.

Então, quer tirar as suas principais dúvidas sobre a quetamina para evitar esse e outros problemas? Continue a leitura!

Para que serve o medicamento quetamina?

A quetamina é um medicamento usado por médicos em hospitais para deixar as pessoas temporariamente “adormecidas” durante cirurgias ou procedimentos médicos. Isso é feito para que a pessoa não sinta dor ou desconforto nesses momentos.

Em algumas situações especiais, a quetamina também pode ser usada para aliviar a dor em quem tem dores fortes e persistentes. Para isso, o medicamento deve ser administrado controladamente e apenas por profissionais de saúde em ambientes médicos seguros.

E ainda, para algumas pessoas que sofrem de depressão resistente, os antidepressivos tradicionais podem não funcionar muito bem. Nesses casos, a quetamina pode ser considerada uma alternativa, aliviando os sintomas depressivos.

Além disso, quando usada de forma recreativa, a quetamina pode causar efeitos alucinógenos e dissociativos. Isso significa que ela pode fazer com que o usuário sinta sensações estranhas, como estar “fora do corpo” ou ter visões distorcidas da realidade.

Alguns motoristas, como caminhoneiros, podem usar a quetamina recreativamente, para aliviar dores musculares ou aumentar a sensação de alerta. Porém, não é seguro nem recomendado usar quetamina ou qualquer outra droga com esses objetivos e sem orientação médica, principalmente ao dirigir.

Quais são os efeitos colaterais da quetamina?

A quetamina pode causar diversos efeitos colaterais no usuário, como:

  • sonolência – a quetamina pode causar sonolência, fazendo com que a pessoa se sinta muito cansada ou com sono;
  • tontura – algumas pessoas podem se sentir tontas ou com dificuldade de equilíbrio após o uso de quetamina;
  • náusea – ela pode causar uma sensação de enjoo;
  • confusão – a quetamina pode deixar a pessoa desorientada, com dificuldade para pensar claramente;
  • alucinações – em alguns casos, a quetamina pode fazer a pessoa ver, ouvir ou sentir coisas que não estão realmente acontecendo;
  • pressão alta ou frequência cardíaca aumentada – em algumas pessoas, a quetamina pode aumentar a pressão arterial ou a frequência cardíaca.

Quanto tempo dura o efeito da quetamina?

Geralmente, seus efeitos iniciais podem durar entre 30 minutos a 1 hora. Após esse período, a quetamina pode continuar afetando o corpo por mais algumas horas, podendo chegar a 2 ou 3 horas no total.

A duração depende da dose ingerida, forma de uso e a tolerância individual. No entanto, mesmo que os efeitos principais da quetamina diminuam após algumas horas, ela pode permanecer no organismo por mais tempo, podendo ser detectada em exames toxicológicos.

O que a ketamina faz no cérebro?

A ketamina é um medicamento que, quando usado em ambiente médico, age no cérebro bloqueando temporariamente certos sinais nervosos. Isso a torna útil para o alívio da dor e anestesia em cirurgias.

Entretanto, quando usada recreativamente ou em doses não controladas, a ketamina pode afetar várias áreas do cérebro, causando efeitos alucinógenos e dissociativos semelhantes ao LSD. Isso significa que ela tende a fazer a pessoa se sentir fora do corpo, ter visões distorcidas ou até mesmo alucinações.

A ketamina vicia?

Sim, a ketamina pode causar dependência e viciar. A dependência ocorre quando uma pessoa se torna física ou psicologicamente dependente da droga e sente uma forte necessidade de usá-la regularmente.

O uso frequente também pode levar ao desenvolvimento de tolerância, ou seja, a pessoa precisa de doses maiores para obter o mesmo efeito inicial. Além disso, parar de usar a ketamina após uso prolongado e frequente, pode fazer o usuário ter sintomas de abstinência.

Assim, é fundamental lembrar que a ketamina é um medicamento controlado. Ou seja, seu uso recreativo e sem receita médica é ilegal e pode ser perigoso para a saúde e a segurança do usuário.

Sintomas de abstinência de ketamina

Os sintomas de abstinência da ketamina podem ocorrer ao parar de usar a droga após um período de uso frequente. Alguns dos mais comuns são:

  • ansiedade – sentir-se nervoso, preocupado ou agitado;
  • depressão – sentir-se triste, desanimado ou sem esperança;
  • insônia – dificuldade em dormir ou ter sono agitado;
  • fadiga – sensação de cansaço constante e falta de energia;
  • dores musculares e nas articulações – sentir dores no corpo;
  • irritabilidade – ficar facilmente irritado ou impaciente;
  • dificuldade de concentração – ter problemas em manter o foco e a atenção.

Esses sintomas podem variar de pessoa para pessoa e tendem a ser mais intensos em quem usou a ketamina por um longo tempo ou em doses altas.

Qual outro nome da quetamina?

A quetamina também é chamada cetamina, ketamina, key, Ketalar, Cetamin, entre outros.

A quetamina aparece no exame toxicológico?

Não, a quetamina não é detectada em exames toxicológicos. 

Os caminhoneiros precisam fazer exames toxicológicos regularmente, a cada 2 anos e meio. Assim, qualquer resultado positivo para drogas pode ter consequências graves, como pagamento de multas, perda do emprego e restrição ou suspensão da carteira de motorista.

Faça o seu Exame Toxicológico no LABET

Então, entendeu o que é a quetamina e as consequências negativas que ela pode ter para a saúde do usuário, quando usada recreativamente e sem prescrição médica? Inclusive, ao usá-lo assim, motoristas profissionais, como os caminhoneiros, podem perder o emprego, ter a CNH suspensa e outras punições.

O exame toxicológico, que detecta quetamina e outras substâncias químicas, é obrigatório. Então, faça o exame no LABET para obter resultados rápidos, precisos e com o melhor custo-benefício!

Qual é a brisa da ketamina?

A “brisa” da ketamina é caracterizada por efeitos dissociativos, distorções perceptuais e sensação de desligamento do corpo, sendo usada recreativamente por essas propriedades psicoativas.

Qual a finalidade da ketamina?

A ketamina é utilizada como anestésico em procedimentos médicos e cirúrgicos, devido às suas propriedades analgésicas e dissociativas. Além disso, em doses mais baixas, tem sido estudada como tratamento para depressão resistente a outros medicamentos. No entanto, seu uso recreativo também é conhecido pelos efeitos psicoativos.

Quanto tempo dura o efeito do Key?

A duração dos efeitos da ketamina, muitas vezes referida como “Ket” em contextos recreativos, varia, mas geralmente dura de 1 a 2 horas, dependendo da dose e da via de administração.