Você sabe o que é necessário para fazer a alteração de dados na CNH? Muita gente tem recorrido ao setor de serviços de transportes para escapar da crise. E fazem isso com razão, já que o segmento cresce a cada dia. São muitas as oportunidades para atuar neste mercado.

Caminhoneiros, taxistas, motoboys, motoristas de vans e motoristas particulares. Todos precisam alterar os dados da carteira para trabalharem tranquilamente. Se ainda não conhece o procedimento e como fazê-lo, acompanhe nosso texto para ficar por dentro de tudo o que você precisa saber para se unir essa categoria.

Confira!

Motorista profissional

Antes de mais nada é preciso saber se está disposto a encarar os desafios da profissão. Atuar como motorista é bem mais do que andar para frente, é preciso ter paciência, honestidade e dedicação.

Além disso, é preciso se manter sempre atualizado. Caso queira trabalhar com carteira assinada, vai perceber que as empresas de transporte sempre fazem treinamentos com essa finalidade para seus motoristas. Abordam temas como uso de drogas, primeiros socorros e relações interpessoais.

No geral é uma profissão tranquila de se exercer, desde que o profissional seja consciente de sempre buscar seu bem-estar e o de todos presentes no trânsito. Vamos entender mais adiante no texto o motivo da preocupação das organizações em manter os colaboradores sempre atualizados.

Como fazer a alteração de CNH?

Algumas alterações são necessárias ao longo da carreira do motorista, tais como: mudança de endereço, nome, sobrenome, se exerce atividade remunerada e retirada ou acréscimo da restrição A, que diz respeito ao uso de lentes corretivas.

Alguns requisitos são exigidos. É necessário que você já possua habilitação cadastrada pelo DETRAN em alguma categoria. Também não pode existir registro de falta grave ou gravíssima nos últimos doze meses em sua carteira para renovação ou inclusão de categoria. Para acrescentar a observação de “exerce atividade remunerada” é preciso realizar o exame psicológico e toxicológico.

Categoria A

Basta que você já seja habilitado em qualquer outra categoria para poder incluí-la.

Categoria C

Precisa ter ao menos um ano de habilitação na categoria B. Basta esperar vencer a Permissão Para Dirigir, ou a PPD e realizar o Exame Toxicológico.

Categoria D

É exigido mais experiência nesse caso. Precisa estar habilitado ao menos dois anos na categoria B ou um ano na C. Somente os maiores de 21 anos podem solicitar e também precisam realizar o teste de drogas.

Categoria E

Também é exclusividade para maiores de 21 anos e se você tem um ano de carteira C ou D, já pode pedir a alteração de dados, mas não esqueça de fazer o exame toxicológico.

Procedimento

1. Fazer o exame toxicológico para as categorias C, D e E;

2. Requisitar a alteração junto a um Centro de Formação de Condutores e pagar as devidas taxas;

3. Cadastro digital para uso da biometria;

4. Avaliação mental e física;

5. Avaliação psicológica;

6. Aulas de direção;

7. Exame de direção.

Deixe seu email e ganhe desconto na compra do seu Exame Toxicológico na LABET!

A Lei do Motorista

A famosa Lei do Caminhoneiro, ou a Lei 13.103, modificou para obrigatório a realização de exame toxicológico de larga janela de detecção para a emissão ou renovação da Carteira Nacional de Habilitação nas categorias C, D e E. São os motoristas de passageiros ou de cargas.

O profissional deve escolher algum laboratório que seja cadastrado no DENATRAN para a coleta das amostragens para o exame de drogas. Não se preocupe, laboratórios com credibilidade como a Labet não trabalham com amostras duvidosas. O resultado será sempre fidedigno e ético. E, caso a amostra não esteja boa para o teste, a Labet solicita outra coleta para uma nova análise correta e ética.

O Exame toxicológico

O exame é simples, são coletados fios de cabelo ou pelos do corpo e a janela mínima de detecção é de 90 dias retroativos. Compareça com um documento de identificação oficial, com foto e CPF e em poucos dias você poderá consultar o resultado online! Prático, né?

O resultado positivo suspende a carteira de motorista do profissional por 3 meses. Após esse período, ele pode fazer novo exame toxicológico e solicitar a renovação ou alteração de dados na CNH.

Já deu para entender a importância que esse teste tem hoje para a categoria, não é verdade? Por isso precisamos estar sempre de acordo com as leis para exercer a profissão de maneira mais segura.

Quando a habilitação do motorista profissional é suspensa, muitos ainda insistem em continuar dirigindo. Conselho: jamais cometa tamanha irresponsabilidade. Em caso de ser pego pilotando com o direito de dirigir suspenso, sua CNH é cassada como prevê o CTB (Código de Trânsito Brasileiro) no artigo de número 263:

Art. 263. A cassação do documento de habilitação dar-se-á:

         I – quando, suspenso o direito de dirigir, o infrator conduzir qualquer veículo;

A cassação é considerada a maior punição administrativa que se pode aplicar em um motorista. O processo para ter de volta o direito de dirigir é bem longo.

De cara, ele já fica proibido de dirigir pelos próximos 2 anos. Já pensou ficar todo esse tempo sem trabalhar? Após esse período, se reinicia todo o processo de habilitação. Do zero, assim como foi para tirar a carteira de habilitação pela primeira vez.

Não vale a pena, não é mesmo? Melhor andar na linha, com certeza!

Preços

Fazendo todo o procedimento através de uma autoescola (CFC), contando com taxas, exames e aulas práticas, é possível que o investimento seja de pelo menos R$1.100,00 para incluir a categoria D, por exemplo.

Os preços variam de região para região e de acordo com a categoria que deseja incluir. Por isso, sempre pesquise e opte por preço baixo quando ele vier associado a credibilidade e qualidade. 

É importante que nessa profissão estejamos sempre de acordo com o que manda o figurino. Cientes de nossos deveres e direitos, realizando os devidos exames e procurando nos informar sobre alteração de dados na CNH, legislação e outros tantos temas importantes.

Então se você gostou do nosso texto e de nossas dicas, nos siga nas redes sociais para ficar por dentro de mais conteúdos importantes para você e sua carreira! Estamos no Facebook e no Youtube

Até a próxima!