Adotar alguns hábitos simples pode ajudar a otimizar o consumo de combustível de qualquer veículo.

Você sabia que otimizar o consumo de combustível de carros, ônibus e caminhões, principalmente em tempos de instabilidade econômica, pode ser fundamental para diminuir algumas despesas? Ultimamente, o preço da gasolina, do diesel e do etanol disparou e, com isso, as frotas vêm sofrendo cada vez mais.

Com esses preços tão altos nas bombas de combustíveis, a solução é recorrer a algumas dicas básicas de uso e manutenção de veículos que podem ajudar (e muito!) nos gastos finais, melhorando significativamente esse cenário e colaborando para que as empresas e os motoristas possam enfrentar essa crise com facilidade. Quer saber quais são? Então, continue a leitura e confira!

1. Realize revisões preventivas

Essa ação é essencial para otimizar o consumo de combustível e garantir uma boa diminuição de custos do seu veículo, pois evitará o mau funcionamento de diversas partes. Portanto, procure estabelecer um programa de manutenção preventiva que não atrapalhe no andamento das suas operações, principalmente se o utiliza para trabalhar.

Para assegurar as condições mais favoráveis, é preciso controlar as informações do seu veículo, como:

  • quilometragem;
  • data da última revisão/manutenção;
  • todos os detalhes a respeito do automóvel relatados pelos condutores.

Esse tipo de manutenção reduz consideravelmente a ocorrência de panes e, sendo assim, é possível diminuir a incidência de paradas inesperadas e os prejuízos que elas provocam. Além disso, com o envelhecimento da frota, é aconselhável aumentar a frequência entre as manutenções para garantir a integridade dos veículos.

Um automóvel mais antigo não pode ser avaliado da mesma maneira que um mais novo, pois as chances de avaria são maiores e necessitam de maior atenção. Também vale ressaltar que as ações preventivas não garantem que o veículo permaneça sempre intacto. Os defeitos podem ocorrer e a prática corretiva sempre existirá. No entanto, as falhas inesperadas serão totalmente reduzidas com a utilização desse método.

2. Não exceda a carga máxima

É muito comum que alguns carros e caminhões carreguem quilos a mais do que foram projetados para suportar. Só que, ao contrário do que muita gente pensa, o excesso de carga, na verdade, não é sinal de economia.

Colocar mais peso no veículo do que o permitido acaba forçando mais o motor, que passa a consumir mais combustível para conseguir puxar toda a carga. Sendo assim, por mais que sobre espaço, evite ultrapassar o limite de peso. 

Deixe seu email e ganhe desconto na compra do seu Exame Toxicológico na LABET!

3. Preserve os pneus bem calibrados

Além de ser uma prática perigosa, andar com os pneus murchos aumenta o atrito com o solo, elevando o consumo de combustível. Para evitar esses problemas, é importante saber a calibragem ideal dos pneus do seu automóvel e verificá-la a cada 15 dias, calibrando sempre quando o pneu está frio. 

4. Mantenha a velocidade constante sempre que possível

Nem sempre é possível evitar o processo de acelerar e, em seguida, frear o veículo, principalmente quando o tráfego está intenso. No entanto, é importante saber que essa sequência de ações tende a consumir muito mais combustível que o percurso feito em uma estrada reta. Portanto, tanto em câmbios automáticos quanto em manuais, a aceleração progressiva e contida é a melhor opção para aproveitar o combustível do motor.

Por fim, esperamos que as dicas para otimizar o consumo de combustível abordadas neste texto possam ajudá-lo a economizar e a preservar o seu veículo, principalmente em tempos de crise. Assim, basta colocá-las em prática para que você possa ter um retorno financeiro considerável em longo prazo — e consiga enfrentar qualquer instabilidade econômica com facilidade.

E aí, gostou de saber como otimizar o consumo de combustível do seu veículo? Quer mais dicas sobre a vida nas estradas, saúde e bem-estar? Então, não deixe de curtir a nossa página no Facebook e mantenha-se sempre bem informado! Vamos lá!