Devido à lei federal 13.103 de 2015, o Exame Toxicológico de Larga Janela de Detecção feito através do cabelo ou de pelos do corpo, tornou-se uma obrigatoriedade para os motoristas profissionais que devem realizar o procedimento sempre que forem tirar a habitação, renovar ou trocar de categoria para C, D e E. No entanto, esse assunto tem causado diversas dúvidas, pois muitos condutores não sabem por que devem realizar o procedimento.

O teste evidencia que as amostras contendo queratina armazenam informações importantes sobre a prática do uso de substâncias de um indivíduo, por um período maior do que outros tipos, como sangue, saliva e a urina.

Se você exerce a atividade como motorista profissional das categorias já mencionadas pelo registro CLT ou é autônomo, é importante que você leia este artigo, pois esclarecemos a importância da realização do Exame Toxicológico de Larga Janela de Detecção e muitas outras informações relevantes sobre o tema. Continue lendo e confira!

Por que fazer o Exame Toxicológico é importante para a saúde do motorista?

Muitos condutores profissionais utilizam drogas para enfrentar longas jornadas de trabalho a fim de chegar ao destino. A preocupação com os prazos, risco de roubos nas estradas e, até mesmo, enquanto dormem, contribui para uma pressão psicológica que faz com que os motoristas recorram às substâncias tóxicas, como crack, ecstasy, cocaína, maconha, anfetamina, entre outras.

Estas, por sua vez, são extremamente prejudiciais, pois influenciam nas funções que são exigidas para o ato de dirigir, especialmente a concentração e cautela do motorista.

Desse modo, o Exame Toxicológico feito através do cabelo tem como objetivo detectar o uso dessas substâncias ilícitas em um período de 90 dias. Pois além de causar distúrbios e risco para o motorista, essa prática pode gerar graves acidentes de trânsito.

Por isso, entender por que fazer o Exame Toxicológico de Larga Janela de Detecção é fundamental para zelar pelo bem-estar físico e saúde do condutor, que deve manter esse procedimento atualizado e desenvolver hábitos mais saudáveis nas estradas e no seu dia a dia. Essa atitude certamente contribui na redução do consumo de drogas e aumenta a segurança nas rodovias.

Deixe seu email e ganhe desconto na compra do seu Exame Toxicológico na LABET!

Quais são as vantagens profissionais de fazer o Exame Toxicológico de Larga Janela de Detecção?

Realizar o Exame Toxicológico por parte do motorista traz algumas vantagens importantes para o profissional, mostrando para as empresas que se trata de um funcionário preocupado em manter as questões legais, além de interessado e focado em proporcionar o melhor desempenho possível como:

Condições mais justas no trabalho

Com a obrigatoriedade do Exame Toxicológico no Brasil os orçamentos desleais ofertados por usuários de drogas tendem a desaparecer. Já que conseguem, devido ao uso, sugerir prazos bem menores do que os motoristas profissionais que cumprem a lei.

Além disso, durante um processo seletivo para uma determinada organização essa é a principal forma de garantir que o profissional não faz o uso de drogas e se responsabiliza pela sua segurança, daquilo que está sendo transportado e, principalmente das outras pessoas que também trafegam nas estradas.

Segurança no trânsito

O objetivo do Exame Toxicológico de Larga Janela de Detecção é evitar que os motoristas dirijam sob o efeito de substâncias ilícitas e combater a violência no trânsito.

Contudo, um conteúdo publicado pelo Estradas cita que, de acordo com uma pesquisa realizada pelo SOS Estradas 50% dos caminhoneiros morrem em acidentes sem ter envolvimento com outro veículo.

Já outros 32% que vieram a óbito estão envolvidos com a participação de caminhões, e apenas 18% dos motoristas de caminhão morrem em acidentes envolvendo outros veículos. Além disso, o estudo feito na base com mil acidentes nas rodovias revelou que 363 dos acidentes envolviam um caminhoneiro e um condutor de carro de passeio, dos quais o número de vítimas fatais ocupantes do automóvel eram 605 e 17 dos caminhões.

Isto mostra que em boa parte dos casos os motoristas de veículos pesados estão conduzindo sozinhos e utilizam drogas para suportar as longas jornadas e permanecer acordado, o que contribui para o aumento dos riscos de fadiga ou cochilos quando o efeito da droga passa.

Por isso, é importante a realização do Exame Toxicológico de Larga Janela de Detecção como uma maneira de prevenir a exploração desses profissionais nas estradas e aumentar a segurança no trânsito.

Maior lucratividade

Para as empresas ter um profissional com o Exame Toxicológico em dia traz redução dos gastos com acidentes, absenteísmo e afastamentos, pois assegura que o motorista não faz o uso de substâncias ilícitas ao conduzir.

Além disso, diminui o risco de danos com a imagem da organização, além dos custos com treinamentos e contratação, já que a empresa poderá contar com um funcionário saudável, sempre atento as leis de trânsito e que tem cuidado com o transporte de cargas dos clientes.

O Exame Toxicológico de Larga Janela de Detecção tem intuito de prejudicar o motorista?

No início da implementação da lei 13.103, houve uma resistência por parte de muitos motoristas profissionais que, primeiramente, reagiram negativamente e se opuseram a sua aplicação. Porém, após alguns meses verificaram-se resultados que mostraram a eficiência da medida.

Algumas empresas de transporte e dos segmentos econômicos têm passado a compreender que as condições degradantes de trabalho e exploração desses profissionais são atitudes que podem custar à vida de diversas pessoas nas rodovias.

Isso, consequentemente, tem protegido o motorista do excesso de jornadas, além de fazer com que muitos condutores deixam de utilizar drogas para fazer o Exame Toxicológico nas condições adequadas.

Dessa forma, esse exame não tem como o intuito prejudicar o motorista, mas sim manter o bem-estar físico e mental do trabalhador, fazendo com que o uso de drogas seja diminuído e eles passem a ter melhores condições de vida.

Embora a legislação do Exame Toxicológico possa não ser perfeita, há diversos benefícios aos condutores profissionais que foram constituídos a partir da sua emissão.

Por isso, é importante que o motorista se mantenha sempre por dentro dos seus direitos e responsabilidades, para que possa trafegar conforme manda a lei e, principalmente garantir a sua segurança e a dos demais que transitam pelas rodovias.

E você, descobriu por que fazer o exame toxicológico é importante? Tem alguma dúvida sobre o assunto? Então entre em contato conosco agora mesmo!