cetamina corte

Cetamina: O Que É, Para Que Serve E Mais

16 de janeiro de 2024 0 Por LABET Exames Toxicológicos

 

A cetamina — também chamada ketamina Special K, droga key ou quetamina — é um medicamento usado para aliviar dores, principalmente em procedimentos cirúrgicos. Porém, muitos caminhoneiros, por exemplo, a usam para ficarem mais alerta e concentrados na direção.

O objetivo é que esses efeitos auxiliem os motoristas a cumprirem as longas jornadas de trabalho dentro do prazo de entrega. Porém, essa não é uma solução segura e nem legal, podendo resultar em multas, suspensão ou revogação da carteira de motorista e outras consequências.

Quer entender melhor sobre os perigos do uso indevido da cetamina para melhorar o seu desempenho no trabalho? Continue a leitura e saiba:

  • O que é e para que serve a cetamina?
  • O que a cetamina pode causar?
  • Quais são os efeitos colaterais da cetamina?
  • A cetamina aparece no exame toxicológico?
  • Quanto tempo a cetamina fica no organismo?
  • Qual a diferença entre cetamina ou ketamina?

O que é e para que serve a cetamina?

A cetamina é um medicamento analgésico usado principalmente por médicos em hospitais para aliviar dores. Isso porque o poder de ação dele é muito rápido, o que é útil em cirurgias ou outros procedimentos médicos.

Além disso, a cetamina também é usada na medicina para o tratamento da depressão, desde que associada com outros cuidados. Entre eles, terapia, atividade física e alimentação saudável.

Como a cetamina age na depressão?

Imagine o cérebro como uma estrada cheia de carros. Para alguém com depressão, essas estradas podem estar congestionadas, com menos carros circulando, atrapalhando o funcionamento cérebro

Assim, a cetamina age como um “construtor de pontes”, criando novos caminhos para os carros se moverem melhor. Desse jeito, é possível diminuir os sintomas da depressão muito rapidamente, em questão de horas ou dias. Apesar disso, os efeitos da cetamina são temporários e exigem acompanhamento médico regular.

Uso sem orientação médica

Muitas pessoas usam a cetamina recreativamente devido aos efeitos alucinógenos, uma espécie de “viagem” na mente em que alguém vê coisas inexistentes. 

E ainda, existe quem usa esse medicamento para melhorar o desempenho no trabalho, como os caminhoneiros, na tentativa de ficar mais acordado e ágil para garantir as entregas. Porém, qualquer uso da cetamina sem recomendação médica é ilegal e perigoso.

O que a cetamina pode causar?

A cetamina pode causar efeitos positivos em contexto médico, mas fora disso é arriscado e não apropriado. Entenda!

Alívio da dor e depressão (quando usada corretamente)

Sob supervisão médica, a cetamina pode aliviar a dor rapidamente e, em alguns casos, ajudar no tratamento da depressão.

Efeitos psicológicos (Quando Usada Recreativamente)

Especialmente se o medicamento for usado de maneira não autorizada e recreativa ou para aumentar o desempenho profissional, ele pode causar: 

  • alucinações; 
  • confusão;
  • desorientação;
  • problemas psicológicos, como ansiedade, paranoia e depressão;
  • sentimentos estranhos;
  • etc.

Riscos à saúde

O uso indevido de cetamina, especialmente em grandes quantidades ou com frequência, pode ser perigoso e causar problemas de saúde, como: 

  • danos à bexiga e rins;
  • dependência química;
  • dificuldade respiratória;
  • perda da coordenação motora;
  • risco de overdose;
  • perda de memória;
  • aumento da pressão arterial e frequência cardíaca;
  • etc.

Riscos legais

O uso não autorizado de cetamina é ilegal e pode resultar em consequências graves para você. Por exemplo, se dirigir sob efeito dessa substância ou se for identificado o consumo dela nos últimos 90 dias, você pode:

Quais são os efeitos colaterais da cetamina?

A cetamina pode causar efeitos colaterais, como:

  • formigamento;
  • estado de sonho, mesmo acordado;
  • sentir-se desconectado do corpo ou da realidade; 
  • pensamentos confusos e ilusões|;
  • tontura ou sensação de girar, mesmo parado;
  • confusão mental;
  • ter problemas na visão, como ver objetos distorcidos;
  • ver ou ouvir coisas que não existem, como imaginar objetos ou sons que não estão lá;
  • etc.

A cetamina aparece no exame toxicológico?

Sim! A cetamina pode aparecer em um exame toxicológico, que detecta o uso de substâncias proibidas, incluindo medicamentos usados sem orientação médica. Nesse caso, você pode sofrer consequências legais, como multas e suspensão ou revogação da sua carteira de motorista.

Porém, se você usa a cetamina por indicação médica e segue todas as orientações do profissional, informe e apresente a receita no laboratório. Isso garante conformidade com as leis e evita mal-entendidos durante a realização dos exames toxicológicos.

Quanto tempo a cetamina fica no organismo?

A cetamina fica no organismo de 30 a 45 minutos, se for injetada e em poucas doses. No entanto, quando inalada, os efeitos podem durar de 45 a 60 minutos e caso seja consumida via oral, costuma ficar no corpo de 1 a 2 horas.

Ou seja, tudo depende da forma de consumo, quantidade consumida e outros fatores individuais. Quer dizer, algumas pessoas têm mais sensibilidade ou tolerância à droga.

Qual a diferença entre cetamina ou ketamina?

Ketamina e cetamina são a mesma substância. É como dizer “carro” e “automóvel”: duas palavras diferentes para se referir a mesma coisa. Além disso, esse medicamento recebe outros nomes, como quetamina, Special K, droga key ou key droga.

Faça o seu exame toxicológico no Labet

Então, entendeu como a cetamina pode prejudicar a sua saúde e a vida profissional quando usada sem orientação médica? Quer dizer, a sua intenção pode ser ficar mais alerta e ágil no trabalho. Porém, os efeitos colaterais do medicamento são perigosos, principalmente na direção.

Assim, se você usa cetamina por orientação médica, informe e apresente a receita no laboratório. Inclusive, no Labet fazemos exame toxicológico, trazendo resultados rápidos, de qualidade e com o melhor custo-benefício. Saiba mais em nosso site!