Alguns aspectos muito importantes precisam ser levados em conta para manter a boa saúde dos motoristas profissionais.

As longas horas no volante, a má alimentação e a falta de descanso e ergonomia no trabalho afetam diretamente o desempenho de um motorista profissional. Portanto, é fundamental manter certos cuidados com a saúde do caminhoneiro.

Assim como um caminhão sem a devida manutenção, um corpo mal cuidado não funciona muito bem e fica mais vulnerável a desenvolver algumas doenças como pressão alta, problemas cardíacos e obesidade, comprometendo a direção segura e antecipando a aposentadoria do colaborador.

Diante disso, preparamos um post especial com alguns aspectos que devem ser considerados para que você, caminhoneiro, tenha uma maior qualidade de vida, saúde e segurança no trabalho. Quer saber quais são? Então, continue a leitura e confira!

1. Postura na direção

Muitas vezes, sentar de maneira errada parece ser mais confortável. Mas quando isso se estende por longos períodos, pode provocar alguns problemas como hiperlordose lombar, escoliose e hipercifose. Portanto, cuidar da boa postura na direção é um dos principais fatores para manter a saúde do caminhoneiro.

Para isso, tente sempre deixar a coluna reta e as pernas em uma posição confortável, de preferência em um ângulo de 90º. Opte também por apoios no encosto que favoreçam as costas e aproveite as paradas para abastecimento ou ajustes técnicos para ficar de pé, alongar-se e caminhar por alguns minutos.

2. Alimentação na estrada

Manter uma boa alimentação é fundamental para acumular energias, proteger a saúde e deixar o organismo com força suficiente para aguentar os dias de trabalho. Então, mesmo na estrada, não abra mão de todas as refeições do dia: café da manhã, almoço e jantar, somados a lanches leves nos intervalos. Fuja das frituras e comidas pesadas e aposte nas saladas, carnes grelhadas, carboidratos e frutas.

Motoristas costumam se alimentar em estabelecimentos e restaurantes de diversos tipos, tamanhos e lugares. Por isso, lembre-se sempre de verificar a higiene, o visual e a procedência desses locais, combinado?

Deixe seu email e ganhe desconto na compra do seu Exame Toxicológico na LABET!

3. Proteção solar

Por conta da intensa exposição ao sol, a vida na estrada também pode afetar a pele do caminhoneiro. Então, procure utilizar protetor solar diariamente para evitar queimaduras, envelhecimento precoce, manchas e o terrível câncer de pele.

4. Sono

Ter uma boa noite de sono é essencial para que o caminhoneiro possa ter mais energia para as longas jornadas pelas estradas e permaneça sempre em alerta. Portanto, evite sabotar noites de sono para cumprir horários e descanse sempre que puder. Seu corpo agradece!

5. Medicamentos sem prescrição

Alguns medicamentos são altamente prejudiciais às funções e à saúde do caminhoneiro. Os antigripais, os analgésicos e os antialérgicos, por exemplo, podem prejudicar o reflexo, a concentração e causar sonolência.

Já as anfetaminas, mais conhecidas como rebites, são drogas que estimulam o sistema nervoso central, fazendo o cérebro trabalhar mais rapidamente e inibindo o sono. E o uso excessivo dessa substância pode causar alguns efeitos colaterais perigosos, como agressividade, ansiedade, alucinações e até mesmo infarto. Sendo assim, fique longe desses medicamentos e só os utilize se forem devidamente prescritos por um médico, combinado? Evite a automedicação!

Esses são os principais aspectos a serem considerados para manter a boa saúde do caminhoneiro e a segurança durante as longas viagens. Além disso, procure visitar um médico regularmente para realizar um check-up geral do seu organismo ou sempre que algum outro sintoma resolver aparecer. Cuide-se!

E aí, gostou de saber como manter a saúde do caminhoneiro? Quer conhecer quais são os principais riscos do uso de drogas no volante? Então, aproveite que está por aqui e leia nosso post sobre esse assunto!

Powered by Rock Convert