Saiba como cuidar dos pneus do caminhão e evitar acidentes e prejuízos!

Você já parou para pensar o quanto os pneus de caminhão são importantes? Todo o impacto da carga é suportado por eles, enquanto essas peças servem também para garantia de segurança do veículo, dando base para todo o transporte a ser feito.

Pensando nesse assunto, trouxemos este post com 5 dicas para manter seus pneus em ordem. Quer saber quais são elas? Veja a seguir!

1. Fique de olho no desgaste

Há um limite de segurança para o desgaste do pneu. Essa marca é 1.6mm — desgaste máximo — de profundidade dos sulcos. Qualquer ponto abaixo da medida limite já simboliza um pneu careca, e rodar nessas condições é ilegal.

Sendo assim, o caminhão pode ser apreendido. Evite esse transtorno e os prejuízos decorrentes dele.

2. Faça balanceamento de rodas

Quando as rodas não estão balanceadas, o motorista já sente ao dirigir, pois a tração se perde e a estabilidade diminui. Além disso, o desgaste pode ocorrer não apenas nos pneus, mas também em componentes mecânicos.

A qualquer sinal de vibração, as rodas precisam ser balanceadas. Em casos de conserto de pneus ou troca deles, também é necessário balancear. Preventivamente, execute esse procedimento a cada 10 mil quilômetros rodados.

Deixe seu email e ganhe desconto na compra do seu Exame Toxicológico na LABET!

3. Alinhe a direção

Direção desalinhada faz com que os pneus se desgastem antes do previsto. Isso torna o caminhão inseguro e instável. Sempre que acontecer impacto na suspensão, é necessário alinhar. É recomendável alinhar a cada 10 mil quilômetros também.

Substituição de componentes, situação de troca de pneus ou se algum desgaste irregular for detectado, é bom ver esse quesito do alinhamento. É comum que os caminhoneiros sintam que o veículo está “puxando para um lado”, daí é hora de alinhar.

4. Calibre os pneus corretamente

A baixa pressão traz muitos perigos. A durabilidade do pneu é comprometida quando a calibragem não é cuidada corretamente.

O pneu esquenta mais e por isso se desgasta mais rapidamente, mais combustível é consumido pelo veículo, a estabilidade das curvas é prejudicada, a direção fica pesada etc.

Entre outros aspectos que envolvem a segurança de quem dirige e da carga, o excesso de pressão também é prejudicial: o centro de rodagem se desgasta mais depressa, a estabilidade nas curvas diminui, a absorção é lesada etc. Tudo isso dá mais chance de haver estouros pelo impacto. Previna-se!

5. Aplique o rodízio

Compense a diferença no que diz respeito ao desgaste dos pneus, executando o rodízio. Essa ação dá mais estabilidade, auxiliando o motorista principalmente nas freadas e nas curvas. Veja quantos quilômetros o caminhão roda até que as seguintes mudanças sejam aplicadas:

  • a cada 5 mil quilômetros — pneus diagonais de passeio;

  • cada 8 mil quilômetros — pneus radiais de passeio.

Lembre-se de que a primeira mudança confere uma vida útil uniforme e longa aos pneus de caminhão. Não deixe nunca de investir na manutenção preventiva e cuidar da segurança, tanto dos veículos quanto dos motoristas.

Falando nisso, motoristas de caminhão são muito suscetíveis ao uso de substâncias, devido a sua jornada de trabalho. Isso traz muitos riscos: leia sobre o assunto e conheça quais são as consequências dessa prática!

Powered by Rock Convert