Algumas ações que visam a segurança dos funcionários das empresas de transporte podem ser realizadas durante a SIPAT.

Você já deve saber que seguir as normas de segurança do trabalho é fundamental para um ambiente corporativo muito mais seguro e agradável, não é verdade? Sendo assim, uma das melhores formas de garantir a qualidade de vida dos trabalhadores é por meio da realização da Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (SIPAT).

Esse evento é totalmente voltado para a prevenção de acidentes e a promoção da saúde ocupacional dentro das empresas — principalmente as de transporte. Só que elaborar uma semana cheia de atividades não é muito fácil e requer planejamento por parte da equipe, que deverá garantir a divulgação dos riscos de acidentes de trabalho e conscientizar todos os motoristas profissionais sobre as formas de proteção.

Diante disso, preparamos um post especial com as principais ações que deverão ser promovidas nesse evento para que você, gestor, possa organizá-las de acordo com o segmento e o estilo de abordagem de sua empresa. Continue a leitura e confira!

O que é SIPAT?

A SIPAT nada mais é que a Semana Interna de Prevenção a Acidentes de Trabalho que deve ser realizada por empresas de pequeno, médio e grande porte — independentemente da quantidade de funcionários que empregam.

Ela está prevista na Norma Regulamentadora 5 (NR-5) como uma das atribuições das Comissões Internas de Prevenção de Acidentes (CIPA) que atuam em todas as empresas. Além disso, deve ser realizada anualmente e durante o horário de expediente dos funcionários.

Como ela funciona?

Os principais objetivos da SIPAT são: discutir as ações de prevenção a acidentes de trabalho e doenças ocupacionais, atrair a atenção dos participantes para o tema e trabalhar a conscientização, proporcionando um ambiente corporativo descontraído e livre de riscos.

Cada empresa tem a liberdade para elaborar as temáticas pertinentes que serão abordadas junto aos seus funcionários. Sendo assim, a equipe responsável pelo planejamento do evento deverá escolher as mais relevantes para a rotina de trabalho dessas pessoas e que possam impactar, de forma positiva, a sua qualidade de vida.

Elas poderão ser feitas por meio de várias atividades interessantes e motivacionais, como palestras, sorteios de brindes, dinâmicas de grupo e aulas de ginástica laboral. Além dessa abordagem, também deverão ser realizadas ações de fiscalização, orientações sobre o uso correto de EPIs e alertas sobre os principais tipos de acidentes e problemas comportamentais, bem como as formas de prevenção e combate.

Deixe seu email e ganhe desconto na compra do seu Exame Toxicológico na LABET!

E qual é a sua importância para as empresas?

Promover a SIPAT favorece a valorização da Segurança do Trabalho e a diminuição de acidentes ocupacionais, afastamentos e uso de substâncias ilícitas, gerando produtividade, integridade e redução de custos.

Além disso, permite a reflexão em relação à qualidade de vida de todos os envolvidos, sendo uma boa oportunidade para reforçar todos os procedimentos de segurança que já vêm sendo realizados ao longo do ano, como informações sobre EPIs e periodicidade de exames toxicológicos.

Como promover a SIPAT?

O primeiro passo é definir o tema principal da SIPAT entre os diversos assuntos de segurança e saúde ocupacional. É importante que a temática atraia a atenção e o interesse dos funcionários e seja realmente relevante para a melhora da sua rotina de trabalho.

Além disso, as palestras — umas das principais atividades desse evento — devem estar relacionadas a esse tema central, além de abordar outros assuntos comumente tratados no programa, como qualidade de vida e motivação.

Quais são as principais ações que devem ser promovidas em uma empresa de transportes?

Se você é gestor do ramo de transportes e tem interesse em promover a SIPAT na sua empresa para conscientizar seus motoristas, confira as principais ações que podem ser promovidas nesse caso!

1. Acidente de trabalho

Os acidentes com meios de transporte são, na maioria das vezes, considerados ocupacionais, pois envolvem pessoas que estão realizando serviços em nome de uma empresa.

O setor de transportes é definido pela responsabilidade na prestação dos serviços de transporte de cargas e pessoas, geralmente proporcionando entregas rápidas ou utilizando meios e equipamentos em péssimas condições, que colocam em risco a segurança de todos os envolvidos.

Sendo assim, promover palestras e dinâmicas de grupo com esse tema pode ser uma ótima opção para conscientizar tanto os funcionários quanto os gestores, além de prevenir os diversos tipos de acidentes que podem ocorrer com os motoristas profissionais e eventuais passageiros.

2. Segurança no trânsito

Algumas palestras também podem ser ótimas opções para instruir os motoristas profissionais sobre comportamentos no trânsito, cumprimento das leis em vigor, promoção da segurança e redução de acidentes nas estradas. Entre os temas abordados podem estar: infrações mais comuns, evolução do código de trânsito brasileiro e condutas de fiscalização.

No entanto, elas não deverão se limitar às regras que eles já devem estar cansados de saber, e sim mostrar os reais motivos para serem cumpridas. Além disso, poderão citar outros elementos, como velocidade, estresse e cansaço excessivo durante o expediente.

3. DSTs

Todas as empresas devem ter responsabilidade social. Portanto, cabe a elas colaborarem com todas as medidas de prevenção às doenças sexualmente transmissíveis propostas pelo Governo Federal e divulgar, por meio da SIPAT, as informações sobre o combate a essas infecções. Isso poderá ser feito a partir de folders, informativos e algumas palestras de conscientização.

4. Uso de drogas e alcoolismo

Alguns problemas comportamentais, como o uso de drogas e o alcoolismo, também poderão ser abordados na SIPAT por meio de:

  • palestras educacionais;
  • discussões motivacionais;
  • campanhas de conscientização;
  • áudios e vídeos;
  • pôsteres;
  • panfletos.

Essas ações permitirão que os colaboradores tenham acesso às informações adequadas sobre drogas, álcool e seus efeitos, além de oportunidades de reflexão e ajuda profissional para alteração de seu padrão de consumo e estilo de vida.

Também possibilitarão a participação proativa em ações de promoção da saúde e segurança no trabalho, como treinamentos e realização frequente de exames toxicológicos — que deverão ser feitos somente em empresas confiáveis, como a LABET.

Isso fará com que os colaboradores mostrem mais comprometimento com suas funções, diminuam ou evitem o consumo de drogas ilícitas, aumentem sua produtividade e reduzam o número de acidentes de trabalho e absenteísmo decorrentes desse problema, gerando, assim, muitos benefícios financeiros para a empresa.

Por fim, é muito importante que a SIPAT seja um evento em que todos os participantes vejam algo que pode trazer melhorias efetivas para todos, e não apenas uma semana em que alguns procedimentos são cumpridos somente para atender a legislação. Portanto, se você é gestor de uma empresa de transporte, é essencial que promova essas ações o mais rápido possível para prevenir acidentes de trabalho e problemas comportamentais, garantindo a segurança e a integridade de seus motoristas.

E aí, gostou de conhecer algumas ações importantes para a sua empresa de transportes que podem ser promovidas durante a SIPAT? Quer saber mais sobre como realizar o exame toxicológico citado neste post? Então, entre em contato conosco para que possamos ajudá-lo!